Archive for abril \30\UTC 2008

Morre Albert Hofmann, aos 102 anos

abril 30, 2008

No caso, ontem, aos 102 anos de ataque cardíaco.

Tá bom que muita gente achava que ele já estava morto, mas enfim. São notícias dignas de nota.

Acho que dessa vez o Hofmann realmente entrou numa “viagem sem volta”, hein? Hein? Ou será que é uma bad trip, hã? Hã?!

Ah, desencana.

Massaroca 18 – Charlie Chaplin e um monte de coisas

abril 17, 2008

Albert Hoffman descontraindo com seus fãs

Massaroca 18 trará lembranças e lágrimas aos olhos daqueles que gostavam do bom e velho sistema dos primeiros episódios: muita narração, conexões contextuais e uma ironiazinha pra dar aquela quebrada. Bem, aproveitem! Este Massaroca é para vocês! Ele fala de mil coisas de maneira super irreverente, e você aprende brincando!

E pra quem odeia aqueles quatro sujeitinhos metidos a besta, eles nem aparecem nesse episódio!

Olha, aqui entre nós, sem querer fazer fofoca, que eu odeio essas coisas, sabe? Mas então, já que você mencionou, eu nunca gostei muito deles, viu? Aposto que são todos uns macumbeiros, uns drogados e a minha vizinha, a Odetti, sabe a Odetti? Então, ela disse que outro dia viu eles roubando o toca-fitas do carro do Seu Claudionor. Um crime, meu pai! Você sabe que eu não gosto de violência, mas pra mim, tinha era que mandar matar tudo esses daí!

E pra quem entendeu o moral da história, O restaurante do BIU fica na esquina da Cardeal Arcoverde com a João Moura, em Pinheiros, São Paulo, e está aberto de segunda a segunda. Vá e faça seu estômago mais pleno e feliz! Tome uma Antarctica, uma caipirinha, e depois de 2 horas e uns 5 quilos de comida, você não vai querer (nem conseguir) sair de lá nunca mais!

Massaroca 17 – Senhor Verdade

abril 3, 2008

circulado

Desde os tempos mais remotos, o homem questiona o mundo ao seu redor. Nas paredes das cavernas (ver figura acima), nos deuses criados a partir de fenômenos naturais (qualquer um se borraria com um trovão, racionalmente imaginando um viking com um martelo de forma a explicá-los) e nos totens espalhados por civilizações sortidas.

O homem quer respostas. Na magia, na ciência, nas artes e na vida em sociedade.

Idiotas, a solução era simples.

Deveriam ter perguntado ao Massaroca.

Pois bem, tirem os incrédulos da sala, cubram os ouvidos dos velhos e crianças e se possível, sacrifiquem um ou dois animais de estimação diante da glória deste novo ídolo pagão:

O Senhor Verdade.

Tremei. E não perguntem por quem os sinos dobram. Porque os sinos não dobram, eles badalam.

Massa Real no Vitrine!

abril 1, 2008

Finalmente, após 5 meses de intensa espera, você pode conhecer os bastidores desta fábrica de sonhos, a Massa Real, através da câmera do programa Vitrine!

Um tratado biográfico, de qualidade literária superior, ilustrado pelas mais belas imagens da lanterna mágica, contendo depoimentos reais e surpreendentes!

Enfim, um bom jabá.